Fenasps

quinta-feira, 18/11/2021

Nem 32, nem 23: SPFs fazem ato no Senado contra PECs da reforma administrativa e do calote nos precatórios

A décima semana consecutiva de atos em mobilizações em Brasília foi encerrada com ato no Senado, na manhã desta quinta, 18, contra duas Propostas de Emenda Constitucional (PECs) danosas ao Serviço Público e à população que mais precisa de políticas públicas. Confira abaixo mais fotos do ato.

Tanto a PEC 32/2020, a chamada ‘reforma administrativa’ do Governo Bolsonaro, quando a PEC 23/2021, mais conhecida como o ‘calote nos precatórios’ são profundos ataques da gestão federal nos trabalhadores(as). São duas faces da mesma moeda.

A PEC 23/2021 do governo BolsoGuedes se configura em calote nas dívidas públicas. Os precatórios são as dívidas que a União, Estados ou Municípios devem pagar a servidores(as) após decisões judiciais finais (trânsito em julgado). Ou seja, a proposta adia o pagamento e parcelamento dessas dívidas.

Com a manobra, Guedes e Bolsonaro abrem um espaço de R$ 91,6 bilhões no orçamento em 2022 (ano eleitoral) alterando o teto de gastos para viabilizar o Auxílio Brasil – programa que substituirá o Bolsa Família – e prevê recursos para as chamadas emendas do relator.

20 de novembro de luta!

A mobilização em Brasília vai seguir firme até o final deste ano ou até que a PEC 32 seja derrubada por completo, caso a medida siga tramitando no Congresso em 2022. Pelo menos é isso que a Operativa das Centrais Sindicais e as entidades do Fonasefe, dentre elas a Fenasps, vão definir para os novos rumos da mobilização.

Para este sábado, 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra, as centrais sindicais e o Fonasefe apontaram esta data para marcar mais um ato nacional pelo impeachment do presidente da República.

Com o lema “Fora Bolsonaro Racista”, a manifestação está convocada para ocorrer em várias cidades do país; procure o seu sindicato estadual e se informe sobre as atividades que vão ocorrer na sua região. Saiba mais aqui.

Mobilização não pode arrefecer

É bom frisar que o ministro Paulo Guedes afirmou que o governo vai tentar aprovar a PEC 32 no Plenário da Câmara até o fim do ano, concentrando esforços também na ‘PEC dos Precatórios’ no Senado. Por isso, não há possibilidade de mobilização arrefecer. Não podemos baixar a guarda!

É hora de muita pressão! A Fenasps e entidades do Fonasefe seguirão na luta em Brasília, seja no aeroporto, na Esplanada dos Ministérios, na Câmara dos Deputados, onde quer que haja resistência!

Se você não puder vir a Brasília, procure o sindicato ao qual você é filiado(a) e se informe sobre as atividades na sua região. Ou pode ainda enviar mensagens para os deputados(as) no seu estado por meio das plataformas ‘Na Pressão‘, ‘Observatório‘ ou ‘Vai Piorar‘. Faça você também a sua parte: leva apenas alguns minutos para enviar sua mensagem! Quem votar, não volta!

A hora de lutar é agora!

Diga não à reforma administrativa!



*Com informações da Fenajufe.

Últimas notícias

sexta-feira, 24/06/2022 CNM da Fenasps realiza atividades no Congresso e cobra governo sobre o cumprimento do acordo de greve. Veja o resumo da semana (20 a 24/6) Nesta semana (20 a 24 de junho), o Comando Nacional de Mobilização (CNM) da Fenasps realizou diversas atividades no Congresso Nacional e em audiências ...
sexta-feira, 24/06/2022 Pedindo justiça por Bruno e Dom, Fenasps participa de ato dos servidores da Funai em Brasília A Fenasps participou, nessa quinta-feira, 23 de março, de um ato em frente à sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília, em ...
quinta-feira, 23/06/2022 Mutirões aos fins de semana e suspensão das férias: veja orientação do CNM da Fenasps A Fenasps recebeu relatos de servidores e servidoras do INSS de diversas regiões do país quanto à convocação para trabalho aos sábados nas Agências ...