Fenasps

quarta-feira, 14/12/2022

ATENÇÃO: informação importante sobre a devolução dos descontos da greve no INSS de 2009

Diante de vários questionamentos de servidores(as) do INSS sobre a devolução dos valores descontados da greve de 2009, o plantão da FENASPS, nesta quarta-feira, 14 de dezembro, buscou informações com a Diretora de Gestão de Pessoas (DGP) do INSS, Eva Lorena. Representaram a Federação a diretora Viviane Peres e o diretor Márcio Freitas (foto abaixo).

De acordo com a diretora, há uma “força-tarefa” atuando nos processos para agilizar o pagamento aos(às) servidores(as). No total, são cerca de 5.000 processos, sendo que atualmente 2.500 aguardam cumprimento de exigência, anexando Termo de Responsabilidade (confira aqui sua íntegra). Para o próximo mês, já está disponível na prévia do contracheque que 933 servidores(as) receberão a devolução dos valores descontados em 2009.

Os(as) servidores(as) que ainda não anexaram o termo de responsabilidade, seguir o fluxo divulgado pelo INSS (veja na imagem abaixo), para possibilitar o recebimento da devolução da greve de 2009.

Clique na imagem para ampliar (fonte: divulgação DGP/INSS)

A diretora da DGP, Eva Lorena, ressaltou que, em caso de dúvidas sobre a devolução da greve, há um canal de comunicação específico para este fim. Basta enviar e-mail para o endereço [email protected].

“Não há problema em assinar o termo”, diz assessoria jurídica da FENASPS

A FENASPS reafirma, conforme já divulgado aqui, a análise da Assessoria Jurídica Nacional (AJN) da federação, que afirmou que não há nenhum empecilho para que que os(as) servidores(as) assinem o termo de responsabilidade, considerando três razões:

  • Em primeiro lugar, mesmo afirmando que não ajuizou eventual ação, em verdade o servidor não estará impedido de fazê-lo porque o acesso ao Judiciário constitui direito de hierarquia constitucional;
  • Segundo, o impedimento de ajuizar ação previsto no documento se refere apenas ao período do respectivo processo administrativo, não impedindo que se ajuíza depois, caso haja necessidade;
  • E, por fim, a declaração em questão não impede que o servidor ajuíze ação, depois do pagamento administrativo, visando receber a correção monetária dos valores pagos.

A devolução dos descontos da greve de 2009 foi uma importante conquista da greve de 2022, demonstrando mais uma vez, que só com lutas teremos vitórias!

OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER!

Últimas notícias

terça-feira, 31/01/2023 Plantonistas da FENASPS buscam informações junto ao INSS sobre a compensação da greve de 2022, devolução de 2009 e BMOB/TERF Devido a várias demandas vindas dos estados, na tarde dessa segunda-feira, 30 de janeiro, representantes do Plantão da Diretoria Colegiada da FENASPS solicitaram uma ...
terça-feira, 31/01/2023 Por reajuste salarial, entidades dos SPFs realizam Dia Nacional de Mobilização. Veja como foi Nesta terça-feira, 31 de janeiro, ocorreu a primeira mobilização nacional de Servidores Públicos Federais deste ano de 2023. O Dia Nacional de Mobilização (card ...
terça-feira, 31/01/2023 Fenasps participa de reunião com ministra de Gestão em 30/01, discutindo a retomada das negociações As entidades FONASEFE e FONACATE apresentaram as reivindicações dos/das Servidores e os pontos discutidos nos respectivos fóruns. Apesar de não estar previsto, teve a ...