Fenasps

terça-feira, 18/01/2022

SPFs iniciam mobilização por recomposição salarial em atos no BC e no Ministério da Economia nesta terça, 18

Sem reajuste há cinco anos, o conjunto dos Servidores Públicos Federais (SPFs) realizou um ato na manhã desta terça-feira, 18, em frente à sede do Banco Central (BC), em Brasília.

A manifestação marcou o início da mobilização em 2022 na luta por recomposição salarial, e reuniu diversas entidades do Fonacate e do Fonasefe, do qual a Fenasps faz parte. Confira abaixo fotos e vídeos do ato.

Ao menos 30 categorias de trabalhadores(as) do Serviço Público Federal participaram do ato nacional que marcou o início da mobilização em 2022 (foto: Scarlett Rocha/Sinasefe)

A principal reinvindicação das categorias do funcionalismo federal é por recomposição salarial para todas as carreiras, em um movimento que ganhou força no final do ano passado, quando o desgoverno Bolsonaro autorizou uma verba de quase R$ 2 bilhões para conceder reajuste para apenas 45 mil servidores da área de segurança, preterindo 97% das categorias do funcionalismo.

Protocolo da pauta emergencial dos SPFs

Após o ato no BC pela manhã, as entidades sindicais participaram de um manifestação à tarde, no Ministério da Economia, para realização da entrega formalizada da Pauta Emergencial dos SPFs. Veja fotos e vídeo abaixo:

No documento, as entidades representativas dos SPFs reivindicam o reajuste das perdas inflacionárias do período e pedem a instalação de processo de negociação das pautas gerais das categorias do funcionalismo federal. Confira aqui a íntegra do ofício do Fonasefe, com o cálculo das perdas acumuladas pelos SPFs desde 2011.

Além da reivindicação para recomposição salarial para o conjunto dos servidores públicos federais, o Fonasefe requereu no ofício o arquivamento da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020, a chamada ‘reforma administrativa’, e a revogação da Emenda Constitucional (EC) nº 95/2016, que impõe limitações a investimentos públicos até 2036.



Somente nos últimos três anos, desde o início da gestão desastrosa de Jair Bolsonaro, os SPFs acumulam 19,99% de perdas salariais. Não dá mais para esperar!

Vamos juntos construir a Greve Geral unificada!

Últimas notícias

quarta-feira, 11/05/2022 No 50º dia da greve, servidores do Seguro e Seguridade realizam atos em Brasília A Greve na base do Seguro Social (INSS) e da Seguridade Social (Previdência, Saúde e Trabalho – CPST), deflagrada no último dia 23 de ...
segunda-feira, 09/05/2022 Comunicado do CNG/Fenasps: informes da mesa de negociação No último dia 23 de março, os(as) trabalhadores(as) da Carreira do Seguro Social (INSS), e da Seguridade Social (Previdência, Saúde e Trabalho – CPST) ...
sexta-feira, 06/05/2022 Fenasps busca resolução para reivindicações dos servidores da Saúde em reunião na Cogep/MS A Fenasps participou, nessa quarta-feira, 4 de maio, de uma reunião com a Coordenadora-Geral de Gestão de Pessoas do Ministério da Saúde (Cogep/MS), Danielle ...