Fenasps

quinta-feira, 04/02/2021

Governo quer que Servidores Públicos paguem a conta da volta do auxílio emergencial

Material da campanha do Fonasefe alerta contra a contrarreforma Administrativa e pela valorização do Serviço Público (imagem: reprodução)

O auxílio emergencial deve voltar. Corremos o risco de que 63 milhões de pessoas entrem em condições de extrema pobreza rapidamente. Mas quem paga essa conta? A grande imprensa e os governantes dizem que os servidores públicos devem pagar.

Dizem que os seus salários não devem ser reajustados e que o Congresso deve aprovar uma Reforma Administrativa que corta seus direitos. Daí viria o dinheiro. No programa Fantástico do último domingo (31/01) essa posição foi defendida e não houve nenhuma menção a outras alternativas. O FONASEFE não concorda com essa posição.

Acreditamos que há outra alternativa sim, muito mais coerente. Defendemos o aumento de impostos sobre as fortunas de milionários e bilionários, a sobretaxação dessas fortunas para arrecadar dinheiro para o retorno do auxílio.

Estamos amparados(as) na Constituição brasileira, que contém um artigo muito claro sobre situações de crises como a que estamos mergulhados. Lá está previsto o Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF), que ainda não foi colocado em prática.

Quem deve pagar para que o auxílio emergencial volte são os grandes empresários e banqueiros. Muitos deles, inclusive, lucraram mais na pandemia com a falência dos pequenos produtores e comerciantes.

O dinheiro deve sair do bolso de Paulo Guedes, de Jorge Lehman da Ambev, da Luiza do Magalu, de Sílvio Santos, da família Marinho, da família Setúbal do Itaú e de muitos outros.

Servidores públicos como os médicos, enfermeiros, professores, fiscais, técnicos e auxiliares administrativos não devem ser penalizados. Mas é como se diz por aí: isso a Globo não mostra.

Campanha

A Fenasps iniciou no dia 16 de setembro de 2020 a divulgação de uma campanha de mídia contra a contrarreforma Administrativa, apresentada pelo governo duas semanas antes, e pela valorização do Serviço Público. Esta campanha é promovida pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e suas entidades, dentre elas a Fenasps. Saiba mais aqui.

Não guarde estas informações para você! Compartilhe este card para seus colegas de trabalho, seus amigos, no seu círculo familiar. Use as hashtags #VacinaJa, #VoltaAuxilioEmergencial, #NaoaReformaAdministrativa, #VacinaÉServicoPublico, #IssoaGloboNãoMostra, e siga as redes sociais da Fenasps: no Facebook, no Twitter e no Youtube. Acesse também as redes sociais da campanha do Fonasefe, no Facebook e no Instagram.

Diga não à Reforma Administrativa!

Últimas notícias

segunda-feira, 26/09/2022 No dia 2 de outubro, lembre-se: servidor(a) não vota em traidor(a)! Falta menos de uma semana para as eleições que serão realizadas em 2 de outubro! E você, já escolheu seu candidato ou sua candidata? ...
segunda-feira, 26/09/2022 Faltam 6 dias para as eleições! Jair Bolsonaro é o maior inimigo dos servidores públicos e os Servidores(as) Públicos(as) Federais(as) precisam derrotá-lo! Durante o seu governo, os trabalhadores e trabalhadoras ...
sexta-feira, 16/09/2022 Confira o relatório detalhado da reunião com MTP, INSS e representantes do Ministério da Economia realizada nesta terça, 13 Nessa terça-feira, 13 de setembro, dirigentes da FENASPS participaram de uma audiência realizada no Ministério do Trabalho e Previdência, com a presença do ministro ...