Fenasps

sexta-feira, 07/10/2016

Intensificar a mobilização e construir a greve para barrar os ataques de Temer!

1

 

Os trabalhadores do Seguro e Seguridade Social enfrentam grandes dificuldades para desempenhar suas atribuições, por falta de condições de trabalho, unidades sucateadas, falta de material de expediente e servidores para atender à crescente demanda de trabalho.

 

O governo, por sua vez, além de não resolver os problemas estruturais lançou uma campanha difamatória e mentirosa sobre existência de déficit nas contas, afirmando que para salvar a Previdência terá que fazer uma contrarreforma, ou seja, mudar as regras aumentando a idade das aposentadorias para 65 anos e estabelecendo valor mínimo de benefícios (situações já vividas na Ditadura Militar e abolidas na Constituição de 1988), com a intenção de empurrar os trabalhadores para os fundos privados de previdência.

 

Para agravar ainda mais a situação, lançou a Medida Provisória 739 para fazer revisão dos benefícios por incapacidade de longa duração, numa explícita tentativa de acabar com o auxílio-doença. O governo não faz política de prevenção ao acidente do trabalho, não fiscaliza nem pune as empresas responsáveis pelo adoecimento e agora quer culpar o próprio trabalhador por ficar doente em serviço.

 

Essas ações insanas do governo Temer têm provocado uma corrida de segurados à Previdência Social à procura de salvar suas aposentadorias, sobrecarregando as unidades do INSS; um caos na Saúde pública que agoniza por todo o país. Além disso, o Ministério do Trabalho, totalmente sucateado, pode fechar as portas de vez se os problemas estruturais emergenciais não forem resolvidos, que também assombram a ANVISA, prestes a ser desmantelada pelo governo.

 

Para lutar na defesa das conquistas da classe, os trabalhadores de todo o país intensificam a mobilização preparando a Greve Geral. O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (FONASEFE) aprovou indicar a paralisação para o dia 9 de novembro, nacionalmente. Veja aqui os relatórios das reuniões do FONASEFE que aprovam a paralisação em novembro.

 

O plantão da FENASPS orienta os servidores do Seguro, da Seguridade Social e da Anvisa de todo o país para intensificarem a mobilização, construindo o DIA 09 DE NOVEMBRO Greve Geral para barrar as contrarreformas de Temer – Previdenciária, Trabalhista e PEC 241.

 

VAMOS INTENSIFICAR A MOBILIZAÇÃO, PREPARANDO-NOS PARA IRMOS À LUTA! CHEGA DE ATAQUES!

 

CLIQUE AQUI para baixar este texto em formato .pdf para seu computador.

 

Últimas notícias

quinta-feira, 04/08/2022 Toda solidariedade à deputada Sâmia Bomfim! A Fenasps e seus sindicatos filiados prestam toda a solidariedade à deputada federal Sâmia Bomfim, atacada por um criminoso ainda não identificado que afirmou, ...
quinta-feira, 04/08/2022 Mesmo diante de aceno do governo sobre reajuste, SPFs continuam pressão sobre os Três Poderes com ato no STF nesta quarta, 3 Após três dias de intensos protestos em Brasília (relembre os dias anteriores aqui e aqui), o conjunto dos Servidores Públicos Federais (SPFs) realizou um ...
quarta-feira, 03/08/2022 Em defesa do Serviço Social no INSS, CNM/FENASPS apresenta a senadores emenda à MP 1.113, aprovada na calada da noite na Câmara Diante de protestos da Fenasps e de entidades que defendem os direitos da Pessoa com Deficiência (PcD), a Medida Provisória (MP) nº 1.113/2022 foi ...