Fenasps

sexta-feira, 15/07/2022

Antes do recesso parlamentar, CNM/Fenasps realiza atividades no Congresso Nacional

O Comando Nacional de Mobilização (CNM) da FENASPS – que contou com militantes dos estados de PR, MG, GO, SP e do DF – nas duas últimas semanas realizou intensas atividades no Congresso Nacional na luta contra os ataques da Medida Provisória (MP) nº 1.113/2022, em defesa do Serviço Social e da Previdência Social Pública.

O CNM/FENASPS destaca que, após importante articulação do comando com o deputado Reginaldo Lopes (PT/MG) em reunião nessa terça-feira, 13 (foto acima), foi apresentado requerimento pelo deputado para retirada da Emenda nº 1 (veja aqui), conforme solicitação da FENASPS (confira também o ofício). Esta emenda terceiriza as avaliações sociais do BPC para os CRAS e CREAS.

O Comando de Mobilização, nesta quinta-feira, 14 de julho, esteve novamente com assessoria da deputada Aline Gurgel (Republicanos/AP) reivindicando a retirada da Emenda nº 41 (veja aqui), que autoriza a terceirização e parcerias com entidades públicas ou privadas, para realização de avaliação social do BPC.

Entretanto, no relatório preliminar feito pelo deputado Silas Câmara (Republicanos/AM), consta que esta emenda é de autoria da senadora Zenaide Maia (PROS/RN). A FENASPS aguarda confirmação de reunião com as respectivas parlamentares para solicitar a supressão da emenda.

Como houve emenda de Plenário do deputado Reginaldo Lopes, vários parlamentes ficaram de apresentar emendas e destaques, dentre eles o deputado Pompeo de Mattos (PDT/RS), que, nesta quinta-feira, 14 de julho, fez uma proposição para a transformação da carreira do Seguro Social em típica de Estado e ingresso na carreira somente por Concurso Público com Nível Superior.

No decorrer desta semana, parlamentares de vários partidos assumiram o compromisso de apoiar emendas com este teor. Vamos continuar cobrando os parlamentares para o efetivo cumprimento do acordo de greve!

Mobilização imprescindível

Foram fundamentais as articulações realizadas pelo Comando Nacional de Mobilização nas últimas semanas para retirar as propostas que desmontam a Previdência Social e extinguem o Serviço Social no INSS da MP nº 1.113/22.

Mas a batalha ainda não está ganha: o CNM/FENASPS orienta a categoria a pressionar os parlamentares a rejeitar a Emenda nº 41, encaminhando e-mails para o relator da MP 1113, deputado Silas Câmara, a deputada Aline Gurgel e a senadora Zenaide Maia, com o seguinte texto:

Prezado(a) Deputado(a)/ Senador(a)

Eu, (nome), servidor(a) público federal no INSS, solicito a supressão da emenda nº 41 da Medida Provisória nº 1113/2022, medida que representa o desmonte do Serviço Social no INSS e trará prejuízos para as pessoas com deficiência que buscam o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Ressalto que terceirizar e realizar parcerias com entidades públicas e privadas não é a solução para resolver problemas estruturais do INSS. Trata-se de mais uma medida de destruição do serviço público.

Assinado: nome do(a) servidor(a)

O texto acima deve ser encaminhado para os seguintes e-mails:

Senadora Zenaide Maia
E-mail: [email protected]

Deputado Silas Câmara
E-mail: [email protected]

Deputada Aline Gurgel
E-mail: [email protected]

Precisamos da participação massiva da categoria para pressionar os parlamentares. Vamos lotar as caixas de e-mails desses congressistas: a hora de lutar é agora!

Os parlamentares do Congresso Nacional entraram em recesso nesta semana (oficialmente, o semestre legislativo se encerra no dia 17 de julho) e retornarão aos trabalhos na primeira semana de agosto. A mobilização vai continuar!

SÓ A LUTA MUDA A VIDA!

Últimas notícias

sexta-feira, 16/09/2022 Tá chegando a hora! As eleições presidenciais de 2022 estão se aproximando! Faltam apenas 16 dias para o dia 2 de outubro, quando 150 milhões de brasileiros e ...
quinta-feira, 15/09/2022 Em rede nacional, FENASPS denuncia ataques à Previdência Social Um dia após a consultoria de investimentos Natixis divulgar um ranking global que aponta que o Brasil é o segundo pior lugar para se ...
quinta-feira, 15/09/2022 FENASPS pressiona, e devolução dos descontos da greve de 2009 deve ocorrer até o final do ano, diz Economia Uma das importantes conquistas da greve de 2022 foi a devolução dos valores descontados da greve de 2009. A tramitação dos processos foi iniciada ...