Fenasps

quarta-feira, 25/05/2022

Comando de Mobilização agradece suporte parlamentar à greve e solicita apoio para cumprimento do acordo

O apoio de deputados e deputadas federais aos servidores(as) do INSS que realizaram greve foi fundamental para abertura de audiência e negociação da pauta de reivindicações junto ao Ministério do Trabalho e Previdência. Esta foi a principal mensagem que a Fenasps exprimiu ao protocolar ofícios em vários gabinetes de deputados federais nessa terça-feira, 24 de maio.

No ofício (confira aqui o inteiro teor), a Fenasps ressaltou que em dezembro de 2016 o INSS possuía pouco mais de 36 mil servidores em atividade, enquanto em fevereiro deste ano o número havia caído para apenas 22 mil.

Em contraposição a esses 14 mil servidores que se aposentaram, apenas 70 servidores foram contratados via concurso público e ingressaram na autarquia entre janeiro de 2017 e dezembro de 2021, demonstrando clara política governamental destinada ao esvaziamento dos postos de trabalho no INSS, gerando não só a queda na qualidade dos serviços prestados à população segurada, como o acúmulo absurdo de benefícios a conceder, trazendo prejuízos irreversíveis a esses segurados.

A Fenasps reforçou aos deputados federais que há um caos instalado no INSS que não será resolvido no curto prazo, já que há ainda milhões de segurados esperando análise dos requerimentos com pedidos de aposentadoria, auxílio-doença e Benefícios de Prestação Continuada (BPC).

Sem contratar novos servidores, é praticamente impossível atender a esta demanda, e isso traz uma importante tarefa a ser cumprida pelo Parlamento que é pressionar para que o Governo Federal recomponha o quadro de servidores, via concurso público.

Para a Fenasps, é igualmente importante que a categoria tenha apoio do Congresso Nacional na tramitação e aprovação do Projeto de Lei previsto no Termo de Acordo de Greve assinado nessa segunda-feira, 23 de maio, que vai reconhecer e enquadrar a Carreira do Seguro Social como sendo Típica de Estado, bem como demais cláusulas que necessitam de aprovação do Congresso Nacional.

A Fenasps protocolou ofícios nos gabinetes dos integrantes da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP), e dos deputados(as) Rui Falcão (PT/SP), Alencar Santana (PT/SP), Sâmia Bomfim (PSol/SP), Vivi Reis (PSol/PA), Fernanda Melchionna (PSol/RS), Mauro Nazif (PSB/RO), André Figueiredo (PDT/CE), Bohn Gass (PT/RS), Rogério Correia (PT/MG), Alice Portugal (PCdoB/BA) e Erika Kokay (PT/DF).

O amanhecer do dia e seu reflexo no espelho d'água emolduram as cúpulas e as torres do Palácio do Congresso, um dos principais cartões postais do país.  Foto: Pedro França/Agência Senado

Sobre a foto, há a seguinte frase: Agradecemos pelo apoio: a luta continua!

Últimas notícias

sexta-feira, 24/06/2022 CNM da Fenasps realiza atividades no Congresso e cobra governo sobre o cumprimento do acordo de greve. Veja o resumo da semana (20 a 24/6) Nesta semana (20 a 24 de junho), o Comando Nacional de Mobilização (CNM) da Fenasps realizou diversas atividades no Congresso Nacional e em audiências ...
sexta-feira, 24/06/2022 Pedindo justiça por Bruno e Dom, Fenasps participa de ato dos servidores da Funai em Brasília A Fenasps participou, nessa quinta-feira, 23 de março, de um ato em frente à sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília, em ...
quinta-feira, 23/06/2022 Mutirões aos fins de semana e suspensão das férias: veja orientação do CNM da Fenasps A Fenasps recebeu relatos de servidores e servidoras do INSS de diversas regiões do país quanto à convocação para trabalho aos sábados nas Agências ...