Fenasps

terça-feira, 11/01/22

Já imaginou o país sem o Serviço Público?

Material da campanha do Fonasefe alerta contra as tentativas do governo de desmantelar o Serviço Público (imagem: reprodução)

O governo Bolsonaro dificultou o acesso à aposentadoria de milhões de brasileiros e brasileiras com a “Deforma” da Previdência, aprovada em 2019.

Enquanto isso, milhares de servidores(as) do INSS trabalham incansavelmente para garantir a realização deste direito tão caro aos trabalhadores do país.

Um país sem direitos?

Além do INSS, o governo Bolsonaro quer desmantelar o Ministério da Saúde, a Anvisa e diversos órgãos e autarquias públicos. Já imaginou?

Só para se ter uma ideia, segundo o Pnad de 2019, mais de 80% dos alunos do ensino fundamental e médio estudam na rede pública. Entretanto, as políticas que envolvem a educação pública brasileira vão na contramão desta realidade.

Algumas são bem conhecidas: o congelamento de verba para educação, oriundo da PEC do “teto dos gastos” e a PEC 32, que propõe o fim do concurso público e a falta de reposição salarial destes profissionais.

Diante desse desleixo com a educação pública, só nos resta lutar para enterrar de vez a PEC 32 – a chamada reforma administrativa – e por melhores condições de trabalho e reposição salarial aos servidores(as) públicos(as) federais. Vamos construir nossa resistência!

Sem serviço público, não há direitos!

Últimas notícias

quarta-feira, 19/01/22 Neste 24 de Janeiro, Dia do Aposentado(a), exigimos valorização, isonomia e respeito! Trabalhar por décadas, abrindo mão de momentos importantes, à distância de familiares, sonhos adiados para quando parar de trabalhar… E no momento em que ...
terça-feira, 18/01/22 SPFs iniciam mobilização por recomposição salarial em atos no BC e no Ministério da Economia nesta terça, 18 Sem reajuste há cinco anos, o conjunto dos Servidores Públicos Federais (SPFs) realizou um ato na manhã desta terça-feira, 18, em frente à sede ...
sexta-feira, 14/01/22 PRORROGADA! Pesquisa sobre a saúde do Trabalhador do INSS seguirá até 31 de janeiro Diante da grande demanda pela pesquisa “Saúde dos(as) trabalhadores(as) no INSS a partir das alterações no processo de trabalho com a ampliação do uso ...