Fenasps

quinta-feira, 14/10/2021

A hora de lutar é agora! Precisamos de mobilização geral contra a aprovação da PEC 32

As entidades do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), dentre elas a Fenasps, estão unificando ações com as centrais sindicais, movimentos estudantis e sociais, mobilizando o conjunto dos Servidores Públicos das três Esferas para botar pressão nos deputados e ir a Brasília na próxima semana (18 a 22 de outubro), para continuarem a luta contra a PEC 32, a ‘reforma’ administrativa do governo Bolsonaro.

Os integrantes deste governo e a base no Congresso Nacional, como não possuem os votos necessários para aprovar esta excrescência, perderam de vez a vergonha, anunciaram publicamente que estão liberando mais de 6 bilhões de reais em “emendas” – cerca de R$20 milhões por voto – para comprar os votos de 308 deputados.

Material da campanha do Fonasefe alerta contra a contrarreforma Administrativa, a PEC 32 (imagem: reprodução)

Do alto de uma pilha de processos de impeachment esquecidos, o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira, negocia compra de votos com emendas para a aprovação da PEC 32, o maior ataque ao serviço público brasileiro. Lira, já começou sua oferta de emendas à parlamentares para que votassem a favor do projeto destrutivo.

É muito importante o envolvimento de todos os servidores e servidoras, fazendo pressão sobre os deputados federais nas suas bases nos Estados e municípios para saberem que QUEM VOTAR A FAVOR DA PEC 32 NÃO VOLTA EM 2022.

Esta proposta de emenda constitucional vem para desmontar os serviços públicos como o conhecemos, já que elimina todas as conquistas inscritas na Constituição de 1988.

Entre outros absurdos, suspende concursos públicos; abre as portas para as privatizações e terceirizações; extingue a estabilidade; põe fim à gratuidade universal na Educação, Saúde e Seguridade Social públicas. Por exemplo: empresas que ganharem das licitações poderão cobrar mensalidades nas escolas e atendimento na saúde. A PEC não traz absolutamente nenhum benefício aos servidores(as) públicos(as), que estão há cinco anos com salários congelados.

A resistência é a única saída

O governo declarou guerra contra os serviços públicos e seus trabalhadores(as), além de todos os setores do mundo do trabalho. A única saída que temos é seguir na luta para derrotar a PEC 32!

Nossa pressão está fazendo efeito e precisamos continuar nos mobilizando e exigindo que os deputados votem pelo não ao desmonte do serviço público. Não é hora de deformar o estado brasileiro!

A FENASPS está convocando os Sindicatos Estaduais para enviarem seus representantes a Brasília na semana de 18 a 22 de outubro. Precisamos manter acessa a chama desta luta sem trégua pelos nossos direitos e conquistas.

A vitória da categoria virá apenas com luta!

Últimas notícias

sexta-feira, 24/06/2022 CNM da Fenasps realiza atividades no Congresso e cobra governo sobre o cumprimento do acordo de greve. Veja o resumo da semana (20 a 24/6) Nesta semana (20 a 24 de junho), o Comando Nacional de Mobilização (CNM) da Fenasps realizou diversas atividades no Congresso Nacional e em audiências ...
sexta-feira, 24/06/2022 Pedindo justiça por Bruno e Dom, Fenasps participa de ato dos servidores da Funai em Brasília A Fenasps participou, nessa quinta-feira, 23 de março, de um ato em frente à sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília, em ...
quinta-feira, 23/06/2022 Mutirões aos fins de semana e suspensão das férias: veja orientação do CNM da Fenasps A Fenasps recebeu relatos de servidores e servidoras do INSS de diversas regiões do país quanto à convocação para trabalho aos sábados nas Agências ...