Fenasps

segunda-feira, 22/06/20

Mais uma vez, Fenasps, sindicatos e movimentos sociais vão às ruas na defesa da democracia

1
2

Em várias regiões do país, a exemplo do que ocorreu no último dia 7 de junho, milhares de pessoas, tomando todas as precauções necessárias – como o uso de máscaras -, foram às ruas nesse domingo, 21 de junho, para a realização de atos antifascistas em defesa da democracia, e contra os ataques do governo de Jair Bolsonaro. Em Brasília (fotos acima), o ato se concentrou na Esplanada dos Ministérios, e contou com a participação da Fenasps, do Movimento Resistência Popular (MRP), além de torcidades organizadas de times de futebol e diversos movimentos sociais e organizações populares.

Veja abaixo mais fotos do ato na capital federal (clique para ampliar):

3
4
5
6
7
9
10
11

Atos também no RJ e ES

12

Também foram registradas manifestações no Rio de Janeiro (foto acima) e no Espírito Santo (fotos abaixo), cuja capital, Vitória, amanheceu de luto nesse domingo, 21. Na areia da praia de Camburi, um dos principais pontos turísticos da capital capixaba, um memorial foi instalado para lembrar as vítimas da Covid-19 no estado.

13
14

Cento e trinta cruzes de madeira, circundadas delicadamente por faixas brancas, demarcavam covas simbólicas representando as 1.300 mortes provocadas pelo novo coronavírus no Estado. O ato foi realizado pelo Fórum em Defesa da Vida e dos Direitos dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Capixabas, composto por várias organizações e movimentos sociais, dentre eles o Sindprev/ES, sindicato filiado à Fenasps. Confira abaixo o vídeo do ato:

14
15

Apoiadora de Bolsonaro arranca faixas do protesto

Ao final do ato realizado em Vitória/ES, uma apoiadora do presidente Jair Bolsonaro – que caminhava sem máscara pelo calçadão – arrancou violentamente as faixas afixadas próximas ao memorial. Os textos continham críticas à política genocida de Bolsonaro, que sacrifica vidas para salvar a economia. Este caso ganhou destaque na imprensa e foi comparado a um episódio ocorrido no Rio de Janeiro no último dia 11 de junho, quando um homem, também apoiador de Bolsonaro, removeu as cruzes que foram fincadas na Praia de Copacabana para lembrar os mortos pela Covid-19 na capital fluminense. Veja aqui o vídeo das agressões em Vitória/ES

*Com informações do Sindibancários/ES e do Sindprev/ES.

Últimas notícias

quarta-feira, 19/01/22 Neste 24 de Janeiro, Dia do Aposentado(a), exigimos valorização, isonomia e respeito! Trabalhar por décadas, abrindo mão de momentos importantes, à distância de familiares, sonhos adiados para quando parar de trabalhar… E no momento em que ...
terça-feira, 18/01/22 SPFs iniciam mobilização por recomposição salarial em atos no BC e no Ministério da Economia nesta terça, 18 Sem reajuste há cinco anos, o conjunto dos Servidores Públicos Federais (SPFs) realizou um ato na manhã desta terça-feira, 18, em frente à sede ...
sexta-feira, 14/01/22 PRORROGADA! Pesquisa sobre a saúde do Trabalhador do INSS seguirá até 31 de janeiro Diante da grande demanda pela pesquisa “Saúde dos(as) trabalhadores(as) no INSS a partir das alterações no processo de trabalho com a ampliação do uso ...