Fenasps

quinta-feira, 10/09/2015

Informativo n° 51 do Comando Nacional de Greve

1 2

TRABALHADORES OCUPAM SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL V DO INSS EM BRASÍLIA

 

Cerca de 50 servidores do Seguro e da Seguridade Social de vários estados ocupam, desde as 6h desta quarta-feira, 9 de setembro, a Superintendência V do INSS, em Brasília. Esta é responsável pelas agências do INSS no Norte e Centro-oeste do país. Os trabalhadores não arredaram o pé do local e vão passar a noite desta quarta-feira na Superintendência. Ocupações vêm sendo realizadas em outras partes do país, como em Minas Gerais, por exemplo.

 

Os servidores estão em greve nacionalmente, não custa lembrar, desde o dia 7 de julho, completando, portanto, 65 dias nesta quarta, dia 9. Vale lembrar também que as principais reivindicações da categoria do Seguro e da Seguridade Social – carga horária de 30 horas semanais, incorporação das gratificações ao vencimento básico e política salarial com reajuste de 27,5%, considerando as perdas com a inflação acumulada – não foram aceitas pelo governo, conforme Informativo do Comando Nacional de Greve da Fenasps (CNGF) n° 50.

 

CONFIRA AQUI a íntegra do Informativo n° 051 do Comando Nacional de Greve da Fenasps (CNGF).

Últimas notícias

quinta-feira, 04/08/2022 Toda solidariedade à deputada Sâmia Bomfim! A Fenasps e seus sindicatos filiados prestam toda a solidariedade à deputada federal Sâmia Bomfim, atacada por um criminoso ainda não identificado que afirmou, ...
quinta-feira, 04/08/2022 Mesmo diante de aceno do governo sobre reajuste, SPFs continuam pressão sobre os Três Poderes com ato no STF nesta quarta, 3 Após três dias de intensos protestos em Brasília (relembre os dias anteriores aqui e aqui), o conjunto dos Servidores Públicos Federais (SPFs) realizou um ...
quarta-feira, 03/08/2022 Em defesa do Serviço Social no INSS, CNM/FENASPS apresenta a senadores emenda à MP 1.113, aprovada na calada da noite na Câmara Diante de protestos da Fenasps e de entidades que defendem os direitos da Pessoa com Deficiência (PcD), a Medida Provisória (MP) nº 1.113/2022 foi ...