Fenasps

sexta-feira, 14/02/2014

Plenária Nacional da Fenasps delibera indicativo de greve para início de abril

1

Cerca de 50 delegados e observadores participaram da Plenária Nacional desse sábado, 8 de fevereiro

 

Os delegados presentes da Plenária Nacional da Fenasps realizada nesse sábado, 8 de fevereiro, aprovaram o indicativo de greve da base do Seguro e da Seguridade Social para o início de abril.

 

Tal deliberação foi tomada diante da intensificação dos ataques aos direitos dos trabalhadores da base da Fenasps – ministérios da Saúde, do Trabalho e da Previdência Social; INSS, FUNASA e ANVISA – com políticas de desmonte e privatização do serviço público federal, por meio de Organizações Sociais.

 

O governo, além de não incluir nenhum valor no orçamento geral da União para fazer correção dos salários do funcionalismo federal, não cumpriu nenhum acordo de greve firmado em 2012 com as entidades.

 

Calendário e eixos de lutas
Para fazer frente aos ataques e buscar pressionar o governo a restabelecer negociações, os delegados presentes na Plenária Nacional deste sábado, 8, aprovaram o seguinte Calendário, com os eixos de luta logo abaixo:

 

  • 8 de março – participação, nos Estados nas Atividades do dia Internacional da Mulher com denúncia contra a violência à mulher;
  • Até 14 de março – realização de assembleias, nos estados, para discutir calendário nacional;
  • 15 de março – Encontros Setoriais da base do Seguro e Seguridade Social e Anvisa;
  • 16 de março – Plenária Nacional da Fenasps;
  • 22 de março – reunião do espaço de Unidade e Ação – em São Paulo.

 

Eixos de Luta:

• Plano de Carreiras com incorporação das gratificações;

• Jornada de Trabalho de 30 horas sem redução de salários;

• Melhores Condições de Trabalho;

• Adicional de Qualificação;

• Concurso Público já!

• Paridade.

 

2

Mesa relatora do evento

 

Somada aos eixos dos trabalhadores da base da Fenasps, a Plenária ratificou a pauta de reivindicações dos servidores públicos federais, protocolada no Ministério do Planejamento durante o ato de lançamento da Campanha Salarial 2014, realizado em 5 de fevereiro. Veja as reivindicações:

 

1. Definição de data base – 1º de maio;

2. Política Salarial permanente com reposição inflacionária, valorização do salário base e incorporação das gratificações;

3. Cumprimento por parte do governo dos acordos e protocolo de intenções firmados;

4. Contra qualquer reforma que retire direitos dos trabalhadores;

 

5. Retirada dos PLs e Decretos contrários aos interesses dos Servidores Públicos;

6. Paridade e Integralidade entre ativos, aposentados e pensionistas;

7. Reajuste de benefícios;

8. Antecipação para 2014, da parcela de reajuste de 2015.

 

XV Confenasps foi adiado para novembro
Além dessas deliberações, foram aprovadas moções de apoio à greve dos rodoviários no estado Rio Grande do Sul, à greve da Saúde no Rio de Janeiro e à greve dos trabalhadores dos Correios.

 

E, sobre o XV Congresso da Fenasps (Confenasps), que aconteceria em maio de 2014, foi aprovado seu adiamento para novembro deste ano, conforme análise da Comissão Organizadora do evento, que considerou as grandes as dificuldades operacionais para os sindicatos transportarem militantes no período antes da Copa do Mundo de Futebol, que acontece em junho.

Últimas notícias

segunda-feira, 26/09/2022 No dia 2 de outubro, lembre-se: servidor(a) não vota em traidor(a)! Falta menos de uma semana para as eleições que serão realizadas em 2 de outubro! E você, já escolheu seu candidato ou sua candidata? ...
segunda-feira, 26/09/2022 Faltam 6 dias para as eleições! Jair Bolsonaro é o maior inimigo dos servidores públicos e os Servidores(as) Públicos(as) Federais(as) precisam derrotá-lo! Durante o seu governo, os trabalhadores e trabalhadoras ...
sexta-feira, 16/09/2022 Confira o relatório detalhado da reunião com MTP, INSS e representantes do Ministério da Economia realizada nesta terça, 13 Nessa terça-feira, 13 de setembro, dirigentes da FENASPS participaram de uma audiência realizada no Ministério do Trabalho e Previdência, com a presença do ministro ...