Fenasps

quarta-feira, 08/07/20

Após pressão da categoria e entidades, INSS recua em reabrir as APS em 13 de julho

Não é a primeira vez que a gestão do INSS recua diante da pressão dos(as) trabalhadores(as). A luta continua! (arte de Pedro Mesidor sobre foto de Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Nos últimos dias foram realizadas assembleias dos sindicatos nos estados e Plenária Nacional da FENASPS, tendo como pauta principal a reabertura das Agências de Previdência Social (APS) em 13 de julho, próxima segunda-feira.

Diante do quadro de falta de equipamentos de segurança (EPIs) nas agências e a ampliação da curva de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19) em diversas regiões do país, a categoria do Seguro Social deliberou em várias regiões e na Plenária Nacional desse domingo, 5 de julho, indicativo de greve sanitária, em proteção às vidas dos servidores(as) e do conjunto da população.

A mobilização da categoria e a pressão feita pelas entidades nas últimas reuniões com a presidência do INSS (confira a última), resultou em mais uma vitória nessa batalha em defesa do isolamento social e pela preservação da vida, com a publicação da Portaria Conjunta nº 27, de 7 julho de 2020, prorrogando o prazo e estipulando a reabertura das agências para o próximo dia 3 de agosto.

A Fenasps e os sindicatos filiados seguirão firmes na luta, com consciência de que a categoria terá muitas batalhas pela frente!

Na defesa de:

  • Manutenção do trabalho remoto emergencial como medida necessária em defesa da vida classe trabalhadora;
  • Concessão automática dos benefícios de forma emergencial (participe do abaixo-assinado), com o seu valor integral;
  • Suspensão das metas durante o período da emergência sanitária;
  • Retorno ao trabalho presencial nas agências apenas após a redução da curva de contágio em nível nacional, com EPIs e condições de trabalho adequadas.

A LUTA CONTINUA!

A VIDA ACIMA DOS LUCROS!

Últimas notícias

quarta-feira, 18/11/20 Fim do auxílio emergencial e Reforma Administrativa prejudicarão os mais pobres Os números da COVID-19 só crescem, mas o governo não se importa com isso. Vai cortar o auxílio emergencial e prejudicar a assistência social ...
terça-feira, 17/11/20 O Brasil não pode ser o próximo Chile: lute contra a reforma Administrativa! Paulo Guedes quer convencer a população de que a Reforma Administrativa será boa para o povo brasileiro. Porém, ele esconde que nos países que ...
terça-feira, 17/11/20 INSS assina termo de acordo com MPF que agravará condições de trabalho dos servidores(as) Demonstrando não ter qualquer compromisso para resolver os problemas das péssimas condições de trabalho dos(as) servidores(as) do Seguro Social, a direção do INSS assinou ...