Fenasps

quarta-feira, 19/04/17

Assistentes Sociais farão ato no dia 8 de maio, em Brasília e nos estados

1

(Crédito da arte: CFESS)

 

Diante do atual cenário de diversos ataques aos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, um contexto conservador e regressivo de direitos, a Fenasps orienta todos os servidores de sua base a se organizarem frente a esse desmonte, mobilizando a categoria para a resistência e luta!

 

Principalmente, em relação ao desmonte do Serviço de Saúde do Trabalhador, os assistentes sociais e trabalhadores do setor de Reabilitação Profissional estão se mobilizando e estão construindo uma grande paralisação, com atos na sede do INSS em Brasília e nas Gerências Executivas nos Estados, no próximo dia 8 de maio.

 

A paralisação ocorrerá após várias tentativas de diálogo que foram realizadas com a direção central do INSS, mas que, até o presente momento, não foram atendidas. Os profissionais da Saúde do Trabalhador, por meio da Comissão Nacional dos Assistentes Sociais da FENASPS (CONASF) estão firmes e coesos com o objetivo de paralisar as atividades!

 

Destacamos que a construção deste evento foi aprovada na última Plenária Nacional da federação, realizada em 19 de março, tendo como principal bandeira de luta: Contra a Reforma da Previdência Social e contra o desmonte do Serviço de Saúde do Trabalhador que engloba o Serviço Social e os trabalhadores da Reabilitação Profissional do INSS.

 

Orientamos que os sindicatos estaduais viabilizem, inclusive financeiramente, a participação dos profissionais, ressaltando que é de extrema importância que um número expressivo de profissionais faça parte deste grande ato em Brasília e nos estados.

 

Contamos com apoio de todos os sindicatos para que essa paralisação possa ampliar a luta contra a reforma da Previdência Social e o ataque aos direitos da população brasileira!

 

Nenhum direito a menos!

 

28 de abril é Greve Geral – Vamos parar o Brasil!

 

Baixe esta nota para seu dispositivo.

Últimas notícias

sexta-feira, 26/06/20 Entidades contrárias à abertura das APS durante pandemia encaminham documento ao presidente da Câmara Rodrigo Maia, presidente da Câmara, em sessão realizada durante a pandemia (foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados) As entidades na luta em defesa dos(as) servidores(as) ...
quinta-feira, 25/06/20 INSS indica reabertura das agências, cumprindo a cartilha genocida do governo Bolsonaro Charge de Latuff lembra as mais de 50 mil vítimas que a Covid-19 fez no país, número que poderia ser menor se não fossem ...
quinta-feira, 25/06/20 FENASPS orienta os servidores e servidoras: não retornem ao trabalho presencial enquanto a COVID-19 colocar suas vidas em risco! Em audiência realizada no dia 18 de junho de 2020, o presidente do INSS acatou parcialmente as reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras da autarquia por ...