face twitter youtube

Nota aos profissionais que atuam na Reabilitação Profissional do INSS

0
0
0
s2smodern

Existe no Brasil a garantia constitucional de bem-estar e Justiça Social aos trabalhadores, porém, a realidade é muito distante da meta idealizada pelos constituintes, uma vez que o sistema econômico atual tem por objetivo a obtenção de renda e capital e não a aplicação ou construção de um programa de proteção social efetivo.

 

A Reabilitação Profissional (RP) é um serviço obrigatório a ser ofertado pelo Estado Brasileiro, garantido por legislação específica e correlatas.

 

Como a maioria dos serviços da Previdência Social, a RP sofre com a falta de estrutura, servidores e investimentos. Porém, estes não têm sido os causadores da paralisia e desconstrução de toda e qualquer possibilidade de reabilitarmos um cidadão, seja ele segurado, dependente do segurado, pessoa com deficiência ou aposentado.

 

Independente da ideologia política pessoal, é patente que a partir da mudança de gestão na Diretoria de Saúde do Trabalhador (DIRSAT), ocorreria em meados do segundo semestre de 2016, os serviços previdenciários e assistenciais estão desmoronando a uma velocidade indescritível, não apenas regredindo conquistas antigas ou recentes, mas involuindo e desconstruindo as possibilidades de poder se construir um processo adequado de Reabilitação Profissional.

 

CONFIRA AQUI íntegra a nota.

 

1

Setor de Diversões Sul (SDS) • Edifício Venâncio V
Loja 28 • Térreo • CEP: 70393-904 • Brasília-DF

Telefone: (61) 3226-7214 • Fax: (61) 3226-7285
Email: imprensa@fenasps.org.br

face twitter youtube
© 2015 FENASPS. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Whebersite