Fenasps

quarta-feira, 16/05/12

Governo transforma PL 2203/11 em Medida Provisória 568

O governo da presidenta Dilma tem tratado duramente as reivindicações dos trabalhadores: em 2011 congelou os salários, cortando mais de R$ 80 bilhões do orçamento da união. Depois de muita pressão, enviou ao Congresso o Projeto de Lei (PL) 2203/2011, corrigindo tabelas e gratificações de mais de 900 mil trabalhadores. No escopo do PL constava que os novos valores seriam pagos a partir de julho de 2012.

 

Relembrando o que já foi publicado em 2011, os trabalhadores da base da FENASPS da carreira da GDASST, que seriam contemplados em forma de reajuste (com valores diferenciados): servidores de níveis Superior, Administrativos e Auxiliar do Ministérios da Saúde; FUNASA; Agentes de Combate a Endemias (ACE), Ministério do Trabalho e Emprego; médicos peritos do INSS e servidores do Ministério da Previdência Social/PREVIC.

Os trabalhadores da FUNASA teriam ainda correção nos valores da GACEN, além da correção na nova tabela dos ACE. Esse PL, que era para ter sido aprovado em 2011, foi publicado na forma da MP 568 na calada da noite, sem sequer ouvir os trabalhadores.

 

Leia aqui texto completo.

 

Confira íntegra da MP 568.

 

Resumo da MP 568, com pontos que interessam aos servidores do Seguro e da Seguridade Social.

 

 

Logo fenasps

Últimas notícias

terça-feira, 13/10/20 A reforma Administrativa cortará direitos de professores(as) Perto do dia do professor, celebrado em 15 de outubro, chegamos a uma constatação absurda: o salário da ministra Damares é quase 10 vezes ...
sexta-feira, 09/10/20 Corrupção se aprofundará no país com a reforma Administrativa O Brasil é um dos países mais corruptos do mundo e a situação vai piorar se a reforma Administrativa for aprovada. Fim dos concursos ...
sexta-feira, 09/10/20 Fenasps debate reabertura das APS, trabalho remoto e metas em nova live. Confira a íntegra Nos dias 7 e 8 de outubro, a Fenasps participou de duas videoconferências com representantes do INSS. A primeira, na quarta-feira, dia 7, foi ...